5 dicas de como estudar inglês para concursos


Ao escolher qual concurso vai prestar, o candidato deve se atentar a alguns pequenos detalhes do edital e do cargo, mas que fazem a diferença entre uma escolha assertiva e uma escolha equivocada.

É no edital que estão descritas as exigências da prova e as funções do cargo a ser ocupado. Por exemplo, há cargos que exigem um segundo – e talvez um terceiro – idioma, mas para leitura e escrita. Outros exigem também a fluência oral do idioma. E é na falta de atenção que esses pequenos detalhes escapam.

Quando um edital exige a fluência em um idioma estrangeiro – inglês ou espanhol – é indicado que o candidato realmente tenha um conhecimento adequado do idioma. Assim, estudá-lo não é só decoreba, mas um exercício válido para recordar e aprimorar o uso desse idioma. Então, se o seu edital exige uma segunda língua – principalmente o inglês – aqui vão algumas dicas:

1 – Dedique um período exclusivo ao idioma: assim como as demais matérias, dedicar um período exclusivo a estudar o idioma é essencial. Quando se estuda idiomas estrangeiros, é indicado que esse conteúdo seja visto pelo menos 2 vezes por semana, para estimular a memória e aprimorar o vocabulário dessa língua.

2 – Exercite a língua: ouvir músicas, ler livros, assistir séries e filmes sem legendas, conversas – se você tiver com quem, claro – sempre ajudam a “destravar” o idioma na cabeça. Lembre-se, quando se fala uma segunda língua, esse processo tem de ser o mais próximo do natural quanto é com a sua língua-mãe. Quando o idioma é decorado, dificilmente você consegue se virar bem, principalmente na hora de falar. Falar bem inglês é pensar em inglês.

3 – Procure um curso ou tutor: é importante ter uma forma de tirar dúvidas que nem sempre os livros e apostilas oferecem de forma simples e satisfatória. Além disso, um curso ou tutor vai sempre te manter atualizado no idioma.

4 – Amplie seu vocabulário: conhecer a norma culta é mandatório. Mas quanto mais você conhece expressões idiomáticas, gírias, sotaques e diferenças regionais do uso da língua, mais simples é assimilar seu aprendizado.

5 – Faça testes e simulados: essa dica é tão válida para o estudo de um idioma quanto é para o estudo preparatório do seu concurso em si – fazer simulados e outros testes te ajuda a enxergar onde você está errando e minar seus pontos fracos com reforço de aprendizado.

Dicas para estudar melhor em sua preparação nos concursos públicos

Vale lembrar que, se você está estudando para concurso, sua prioridade de estudo deve ser o conteúdo integral do edital. Adquira um material de estudo adequado. A apostila oficial do seu concurso, por exemplo, vai seguir as normas do edital. Essas dicas são melhor aplicadas por pessoas que já tem algum domínio do idioma e precisam estudá-lo e revisá-lo de acordo com as exigências do edital e do cargo.

Se o seu conhecimento do idioma é muito básico ou rudimentar, é indicado que você procure um curso intensivo do idioma. Vale também rever se esse é o momento adequado para você prestar o concurso em questão. Será que não vale mais a pena se preparar um pouco melhor e prestá-lo mais pra frente?

Esse texto foi produzido pela Nova Concursos exclusivamente para o site EnterConcursos. Conheça o blog da Nova e encontre mais dicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *