História Geral da Primeira Guerra ao Mundo Atual


A história geral do concurso da Polícia Militar do Estado de São Paulo exige que o aluno domine os fatos que ocorreram desde o primeiro conflito mundial no início do século XX até os dias atuais. O estudante precisa ter em mente que memorizar alguns acontecimentos é fundamental para se ter uma boa nota na prova, no entanto, é necessário fazer os links que decorrem da Primeira Guerra até os dias atuais. O propósito deste artigo visa realizar as ligações importantes para compreendermos a atual configuração geopolítica do mundo atual.

  • Primeira Guerra Mundial (1914-1918)

As causas deste conflito remontam ao Imperialismo ou Neocolonialismo. As grandes potências capitalistas europeias estavam disputando mercado e territórios onde poderiam fornecer matérias-primas abundantes para as suas indústrias (o aluno deve se lembrar das necessidades decorrentes das 2 Revoluções Industriais), e as demandas por carvão fóssil, minérios de ferro para produção de aço que abasteceriam a indústria bélica, tendo em vista que a Paz Armada estava em curso. Esta paz com armas significa que Inglaterra, Alemanha, França e Holanda estavam se armando para algum tipo de enfrentamento futuro. Alemanha e Inglaterra são os grandes atores antagônicos, que se rivalizavam na Europa. Neste sentido, a garantia da Inglaterra de não ser atacada pelos alemães estaria ligado à sua disposição de fazer alianças com outas potências. Daí surgiu duas Tríplices:

a. Tríplice Entente Cordial –Inglaterra, França e Rússia.

b. Tríplice Aliança – Alemanha, Império Áustro-Húngaro e Itália.

As Guerras de Movimento e de Trincheiras dão o tom do conflito, sendo o período em que os soldados permaneceram nas trincheiras bastante longo, do segundo semestre de 1914 a 1918, isto é, até o final da guerra. Praticamente milhares de pessoas e soldados morreram na guerra, sendo usados gases, como o mostarda e o cloro, substâncias químicas extremamente letais. Em 1919 a Alemanha assina um acordo para acabar a guerra chamado de Paz ou Tratado de Versalhes, em que estão presentes o presidente Wilson dos EUA, Clemenceau da França e o primeiro-ministro da Inglaterra.

O conteúdo deste acordo foi a causa da Segunda Guerra Mundial, vinte anos depois. A imposição dos países vencedores da guerra à Alemanha foi pesada e humilhante. Coube ao governo alemão pagar pesadas indenizações. Consequentemente, o desemprego propiciou profundas desigualdades sociais. É lógico que figuras como Hitler se aproveitaram desta situação para tentar tomar o poder. Juntamente com isto, a Crise de 1929 acentuou o desemprego, gerando forte inflação.

  • A Crise de 1929 – O ‘Crack’ da Bolsa de Valores de Nova Yorque.

No dia 24 de outubro de 1929, os índices das ações negociadas na Bolsa de Wall Street simplesmente despencaram abruptamente. Muitas pessoas perderam seus empregos, a indústria não conseguia escoar sua produção. Isto foi devido ao motivo de que com as ideias liberais lançaram a ideia de que o Estado não deveria se intrometer nos negócios capitalistas, e, desta forma, os empresários ignoraram os sinais de alerta de que a superprodução estava alcançando limites que levariam o mundo a um grande problema, pois, não haviam consumidores suficientes para absorver os produtos feitos. Com a Grande Depressão, sobem ao poder na Europa, Alemanha e Itália os regimes Nazi-fascistas respectivamente.

  • Regimes Nazi-fascistas

Estes regimes se caracterizam por serem totalitários, um Estado centralizador, além da intolerância e preconceito com minorias sociais, judeus, ciganos e Testemunhas de Jeová. A culpa, segundo Hitler, pelo desemprego na Alemanha era de banqueiros judeus, uma maneira de concentrar mais poderes políticos.

  • A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)

A Blitzkrieg ou Guerra Relâmpago iniciou a Segunda Guerra com a invasão alemã à Polônia. França e Inglaterra declaram guerra à Alemanha no dia 3 de setembro de 1939. Alguns pontos são importantes de serem abordados. Podemos citar alguns exemplos como a entrada dos EUA na guerra em dezembro de 1941, em função do ataque japonês em Pearl Harbor no Havaí. Destaca-se também o Dia D, o 06 de junho de 1944, quando as tropas aliadas (Aliados versus Eixo – Alemanha, Itália e Japão). O fim do conflito foi pontuado pelos lançamentos de 2 bombas nucleares pelos EUA sobre Hiroshima e Nagasaki, autorizadas pelo presidente Henry Truman. Iniciou-se, assim, a Guerra Fria entre os Estados Unidos e União Soviética.

  • Guerra Fria – Características Principais.(1947-1991)

A bipolarização entre Estados Unidos e União Soviética (URSS), reforçou a oposição ideológica entre socialismo e capitalismo. Durante décadas as duas superpotências se rivalizaram no plano geopolítico, tentando influenciar várias regiões do mundo a se alinharem a um ou a outro lado. Seguiram-se, assim, diversos conflitos indiretos entre ambas potências ocorreram na Guerra do Vietnã, na Crise dos Mísseis Cubanos em 1962, e em outras guerrilhas espalhadas no Oriente Médio e África. No entanto, o ano de 1991 é sintomático pela razão de que em 25 de dezembro ocorre o fim da URSS, estabelecendo-se a CEI (Comunidade dos Estados Independentes), reunindo as ex-repúblicas que compunham a União Soviética.

Paulo Cesar Gomes de Souza é professor de História, Filosofia e Política em faculdades e escolas públicas e particulares.


Sobre Paulo Cesar

Paulo Cesar é professor desde 1993 com Bacharelado em Filosofia pela Universidade de São Paulo, bolsista pelo CAPES – CNPq em Iniciação Científica – História e Filosofia da Ciência, possui licenciatura em História pela Faculdade Claretiano – São Paulo. Teve participação de simpósios sobre Relações Internacionais pelo Programa San Tiago Dantas- Unesp, Unicamp e Puc – SP e de cursos sobre Relações Internacionais pelo Ceiri e sobre o Papel Econômico dos Brics no século XXI. É professor do ensino público e privado de Santos, São Paulo e Praia Grande; pela Plataforma Profes de História, Atualidades, Sociologia e Filosofia. Contato pelo email: paulocsgomes@gmail.com ou pelo perfil no PortalProfes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *