Concursos previstos para Tribunais no Brasil – editais em breve!


Todo concurseiro está sempre atento às oportunidades que surgem e, também, àquelas que podem surgir no seu caminho. É por essa razão que nós, da Enter Concursos, preparamos este post com as informações mais relevantes já disponíveis sobre os concursos previstos para tribunais de todo o Brasil.

concursos previstos tanto para nível médio quanto para nível superior. Seja qual for o seu caso e interesse, a ideia aqui é te ajudar a se planejar no longo prazo para seguir em busca da tão desejada mudança de vida. Acompanhe!

Tribunal de Justiça de Santa Catarina

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina autorizou a abertura do TJ-SC 2017. O concurso abre vagas para profissionais de nível médio e superior e está também autorizado para técnicos e analistas.

O concurso para o TJ-SC contemplará as todas as cidades do estado, com vagas para os cargos de Técnico Judiciário Auxiliar, Analista Jurídico, Analista Administrativo, Oficial da Infância e da Juventude, Oficial de Justiça e Avaliador, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Civil, Arquiteto e Enfermeiro.

Para os cargos de nível técnico, é exigido que o candidato tenha o ensino médio completo. A remuneração inicial atual para o cargo gira em torno de R$3.317,50. Para os demais cargos, é necessário que o concurseiro tenha diploma de nível superior. Nesses casos, o salário inicial atual é de cerca de R$5.710,74.

Além do salário, o servidor do TJ-SC recebe auxílio alimentação de R$1.160,00 e gratificações de diligência que variam de R$1.142,14 a R$1.713,22.

O edital e a data de realização das provas ainda não foram divulgados. Por isso, vale saber que, no último concurso, realizado em 2014, os candidatos fizeram provas objetivas compostas por 70 questões que englobavam conhecimentos de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções de Direito e Conhecimentos Específicos.

À época, foram abertas 32 vagas imediatas, além da formação de cadastro de reserva. Ao todo, o concurso teve 42.728 inscritos. A organização ficou por conta da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Tribunal de Justiça de Alagoas

O Tribunal de Justiça de Alagoas divulgou novo regulamento para o TJ-AL 2017. A expectativa é de que, uma vez autorizado, o concurso abra 120 vagas para profissionais de nível médio e superior nas áreas Administrativa, Apoio Especializado, Judiciário e Oficial de Justiça Avaliador.

O concurso para o TJ-AL abrirá vagas para candidatos de nível médio, que tenham curso técnico ou profissionalizante, para o cargo de Técnico Judiciário. A remuneração inicial é de R$3.956,13.

E também abrirá vagas concurseiros de nível superior para os cargos de analista. Para atuar na área Judiciária e na área Oficial de Justiça Avaliador, o candidato precisa ser Bacharel em Direito. Para atuar na área Administrativa é necessário diploma de graduação e para atuar na área de Apoio Especializado, é necessária formação específica a ser indicada no edital. A remuneração inicial é de R$9.173,77.

O último concurso realizado pelo órgão ocorreu em 2012, com a oferta de 174 vagas imediatas, além da formação de cadastro de reserva. Ao todo, mais de 26.350 se inscreveram. A organização ficou a cargo da Cespe/Unb.

Naquela ocasião, as provas de nível médio contaram com 30 questões de Conhecimentos Básicos e 30 questões de Conhecimentos Específicos. O mesmo aconteceu para o nível superior, que contou também com uma prova discursiva sobre Conhecimentos Específicos.

Para o próximo concurso, informações da Diretoria de Gestão de Pessoas do TJ-AL dão conta de que as provas objetivas contarão com questões de Língua Portuguesa, Atualidades, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções de Direito, Legislação do Estado de Alagoas e Código de Organização Judiciária.

Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais

O TCE-MG, o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais teve nova seleção autorizada, o certamente está autorizado e a expectativa é de que o edital do concurso será divulgado em breve, ainda em 2017.

Serão abertas vagas para candidatos de nível superior para o cargo de Analista de Controle Externo. A remuneração inicial para o cargo é de R$6.741,84 e pode chegar até os R$25 mil.

Os concurseiros precisam ter diploma de graduação em alguma das seguintes áreas: Direito, Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Atuariais, Ciência da Computação ou Engenharia.

O último concurso realizado pelo órgão aconteceu em 2014, quando foram abertas 02 vagas para o cargo de Auditor Conselheiro Substituto. Já o último concurso para cargos de nível médio e superior aconteceu em 2006, quando foram abertas 136 vagas.

À época, a organização ficou sob a responsabilidade da Fundação Carlos Chagas (FCC) e os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas com questões de conhecimentos básicos, específicos e especializados. Houve, também, a realização de provas discursivas, além da avaliação de títulos.

Tribunal de Contas de Estado de São Paulo

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo deve publicar em breve o edital do TCE-SP 2017. A Fundação Vunesp compõe a banca e a comissão responsável pela organização do certamente já está formada.

Serão abertas vagas de nível superior para os cargos de Agente de Fiscalização Financeira e Agente de Fiscalização Financeira – Área de Administração.

Para tentar um cargo de Agente de Fiscalização, os candidatos precisam ter diploma em alguma das seguintes áreas: Direito, Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia Civil ou Gestão de Políticas Públicas.

Já para o cargo de Agente de Fiscalização Financeira – Área de Administração, o concurseiro precisa ser formado em uma das seguintes áreas: Direito, Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia, Gestão de Políticas Públicas, Biblioteconomia e Documentação, Psicologia, Serviço Social, Pedagogia, Enfermagem ou Nutrição.

O salário inicial para ambos os cargos é de R$9.003,47, acrescido de benefícios como vale-refeição, auxílio alimentação, vale-transporte, auxílio escola e plano de saúde. O valor total pode chegar à R$11.075,40.

O último concurso foi realizado em 2012, com a abertura de 83 vagas. A organização foi de responsabilidade da Fundação Carlos Chagas (FCC) e os candidatos foram submetidos a provas objetivas compostas por 80 questões que abordavam conhecimentos em Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Informática, Inglês e conhecimentos Específicos.

Tribunal Regional do Trabalho do Ceará

O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará autorizou a realização de novo concurso TRT-CE 2017. A expectativa é de que o edital seja publicado em meados do segundo semestre.

Serão abertas vagas de nível médio para os cargos de Técnico. A remuneração inicial é de R$7.320,20, com vale-alimentação e gratificações já consideradas. Serão abertas, também, vagas de nível superior para os cargos de Analista Judiciário. Nesses casos, a remuneração inicial é de R$11.444,13, já com os complementos.

O último concurso realizado pelo órgão aconteceu em 2009, sob a organização da Fundação Carlos Chagas (FCC). À época, foram abertas 179 vagas, sendo 85 para cargos técnicos e 94 para analistas. 71.490 candidatos se inscreveram e foram submetidos a provas objetivas com 60 questões sobre Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos.

Tribunal Regional do Trabalho de Goiás

O TRT 18 ou Tribunal Regional do Trabalho de Goiás autorizou ainda no início do ano a realização de concurso público para cargos de Técnico e Analista Judiciário. O edital ainda não foi lançado.

O certame prevê o preenchimento de 04 vagas para cargos de técnico judiciário – especialidade em Saúde Bucal; 01 vaga para o cargo de técnico judiciário – especialidade em Enfermagem e 01 vaga para o cargo de analista judiciário – especialidade em estatística.

Além disso, forma também o Cadastro de Reserva para a área de Tecnologia da Informação e para o setor Administrativo.

Em 2013, aconteceu o último concurso realizado pelo órgão, sob a organização da Fundação Carlos Chagas (FCC), também para cargos de Técnico e Analista Judiciário. À época, o edital indicava que os salários variavam entre R$4.635,03 e R$8.140,08.

As provas para os cargos de Técnico continham questões sobre Português, Matemática e Raciocínio Lógico, Noções de Direito do Trabalho, Noções de Direito Processual do Trabalho, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Gestão Pública e Regimento Interno TRT GO.

As provas para os cargos de Analista englobavam questões sobre Português, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho, Direito Civil, Direito Processual Civil, Noções de Gestão Pública e Regimento Interno do TRT GO.

Tribunal Regional do Eleitoral do Rio de Janeiro     

O Tribunal Regional do Eleitoral do Rio de Janeiro vai abrir, por meio do TRE-RJ 2017, 10 vagas imediatas para cargos de Técnicos e Analistas, além da formação de Cadastro de Reserva. A expectativa é de que o edital saia ainda no mês de agosto.

Para os cargos de nível médio, serão abertas 06 vagas para Técnico Administrativo, Enfermagem (Cadastro de Reserva), Operador de Computador (Cadastro de Reserva) e Programação de Sistemas (Cadastro de Reserva). A remuneração é de R$ 6.376,41.

Para os cargos de Analista serão abertas 02 vagas para a área Judiciária, Administrativo (Cadastro de Reserva), Análise de Sistemas (Cadastro de Reserva), Médico Clínico Geral (Cadastro de Reserva), 01 vaga para Médico do Trabalho e 01 vaga para Psicólogo. A remuneração é de R$10.461,90.

A Consulplan foi escolhida como organizadora do concurso. As provas serão realizadas somente no estado do Rio De Janeiro. Os candidatos serão submetidos a provas objetivas e discursivas (válido para todos os cargos), a serem realizadas em um único dia, em turnos distintos, variando conforme o cargo seja de nível médio ou superior.

As provas objetivas para os cargos de Técnico terão 25 questões de Conhecimentos Gerais e 40 questões de Conhecimentos Específicos. Quanto à prova discursiva, os candidatos ao cargo de Técnico Judiciário – Administrativo deverão desenvolver 01 redação/estudo de caso. Os demais cargos deverão desenvolver 02 estudos de caso.

As provas objetivas para os cargos de Analista também terão 25 questões de Conhecimentos Gerais e 40 questões de Conhecimentos Específicos. E os candidatos deverão desenvolver 02 redações/estudos de caso.

Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins

O concurso do TRE-TO 2017 já tem banca organizadora contratada — a Cebraspe/Cespe — e já fez a divulgação do projeto básico do certame. A expectativa é de que o edital seja divulgado nos próximos meses.

A previsão é de que sejam abertas 07 vagas para Técnico e 02 para Analista Judiciário, além da formação de Cadastro de Reserva em áreas como a Administrativa, Contabilidade, Judiciária e Programação de Sistemas. A remuneração inicial para o nível médio é de R$7.044,75. Enquanto para o nível superior é de R$10.992,07.

As informações dão conta de que a prova para os cargos de Técnico será apenas objetiva, enquanto os candidatos aos cargos de Analista serão submetidos à avaliação objetiva e discursiva. Todas as provas abordarão questões de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos.

Em 2010, aconteceu o último concurso realizado pelo órgão. Também com vagas para cargos de Técnico e de Analista. À época, a organização ficou a cargo da Fundação Carlos Chagas (FCC).

Superior Tribunal Militar

O concurso STM 2017 contratou a Cebraspe/Cespe como banca organizadora para o novo certame. Inicialmente, há mais de 40 vagas a serem preenchidas. A expectativa é de que o edital seja publicado ainda em agosto.

Segundo o STM, há 41 cargos vagos, dos quais 32 são só para técnicos. Os demais são para cargos de Analista Judiciário. O número total de vagas ainda pode variar em função da aposentadoria de servidores. Haverá, ainda, a formação de Cadastro de Reserva.

Para os cargos de nível médio, estão previstas a abertura de vagas para Técnico Administrativo e Apoio Especializado – Programação. Para os de nível superior, há vagas para Analista nas áreas Administrativa, Judiciária e Apoio Especializado – Análise de Sistemas, Contabilidade e Engenharia Mecânica.

O STM ainda não informou quais estados serão contemplados com a abertura de vagas. Porém, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília já estão confirmados.

No concurso anterior realizado pelo órgão, que ocorreu em 2010, a organização também foi da Cespe. À época, a seleção ofereceu 153 vagas, sendo 31 para Técnico e 122 para Analista. A remuneração inicial era de R$6mil para Técnicos, R$10mil para Analistas Judiciários e R$12mil para Oficial de Justiça.

O certame teve três etapas compostas por prova objetiva, prova discursiva e teste de aptidão física (somente para o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa, Especialidade em Segurança).

As cidades contempladas foram Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Bagé, Santa Maria, Porto Alegre, Fortaleza, Manaus, Curitiba e Juiz de Fora.

Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia

A comissão de certame para o concurso TCM-BA 2017 está formada. O concurso vai abrir vagas de nível superior para os cargos de Auditor Estadual de Controle Externo e Auditor Estadual de Infraestrutura.

A remuneração dos Auditores é composta por um vencimento básico que pode variar de R$9.546 a R$10.96, e uma parcela variável de R$7.705. Estão previstas, ainda, gratificações que variam entre R$1.300 e R$3.000.

Para se candidatar ao cargo de Auditor Estadual de Controle, o concurseiro precisa possuir diploma de curso superior em Administração, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Direito, Economia ou Informática.

Para concorrer ao cargo de Auditor Estadual de Infraestrutura, é preciso diploma de curso superior em Arquitetura ou Engenharia Civil e comprovação de experiência de 03 anos de atuação na área.

O último concurso realizado pelo órgão ocorreu em 2004. Na ocasião, foram abertas vagas de nível médio e superior, além de vagas para os cargos de Auditor.

A organização do certamente ficou a cargo do Instituto Brasileiro de Seleção Pública — o IBRASP. Os candidatos às vagas de Auditor foram submetidos à provas objetivas e de Títulos.

Tribunal Regional Federal

Está aprovado o concurso para o Tribunal Regional Federal da 1ª região, que abrirá vagas para Técnicos e Analistas e, ainda, para o cargo de Juiz Federal Substituto. A expectativa é de que o edital seja publicado ainda neste ano.

O TRF 1 é sediado em Brasília e tem jurisdição nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins.

A remuneração inicial para os cargos de Técnico é de R$6.709 que, com o acréscimo dos auxílios alimentação e saúde chega aos R$7.893. O valor pode aumentar em função do auxílio natalidade no valor de R$700 para candidatos que tenham filhos.

Para os cargos de Analista Judiciário, áreas Judiciária, Administrativa e demais especialidades, a remuneração é de R$11.007 e, somando os benefícios, chega a R$11.921. Também pode ser acrescida do auxílio natalidade de R$700.

Já para o cargo de Oficial de Justiça, que ganha uma gratificação de R$1.500, a remuneração é de cerca de R$14mil.

O último concurso TRF 1 aconteceu em 2014, com abertura de vagas para cargos especializados para Técnicos e Analistas. A organização foi da Fundação Carlos Chagas (FCC) e os candidatos foram submetidos a provas objetivas de Conhecimentos Básicos e Específicos. Além de Redação, para os cargos de Analista e Estudo de Caso, para os cargos Técnicos – especialidade em Informática.

Tribunal Regional do Trabalho – RN

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Norte também deve abrir vagas em um futuro próximo. Já foi obtida a aprovação para a 21ª para preenchimento de 24 cargos.

Atualmente existem três principais cargos no TRT-RN que devem estar presentes no próximo concurso com vagas abertas, são eles: Técnico, Analista e Oficial de Justiça. Os salários variam entre R$ 7.200,00 e R$ 12.000,00.


Quer saber mais sobre concursos abertos e previstos e ainda receber alertas personalizados por e-mail? Acesse: www.enterconcursos.com.br

 

 

Deixe um comentário