Trabalhar e estudar para concurso é possível? Saiba como conciliar as rotinas


Além de acompanhar a divulgação de editais e estar sempre estudando incansavelmente para concursos, a maioria dos candidatos ainda precisa se dedicar ao trabalho. Porém, será que é possível conciliar a vida profissional com os estudos e assim mesmo ter sucesso na aprovação no concurso público?

Segundo Lia Salgado, fiscal de rendas do município do Rio de Janeiro, consultora em concursos públicos e autora do livro “Como vencer a maratona dos concursos públicos”, a resposta é “sim”, desde que os candidatos analisem minuciosamente suas rotinas para determinar a quantidade de tempo que será destinada aos estudos. Dessa forma, será possível saber exatamente os horários de início e de término diário dos exercícios.

Para conciliar a dupla rotina de trabalho e estudos, é necessário muito foco, organização, planejamento e força de vontade dos candidatos. Afinal, apesar de esse ser o sonho da maioria dos candidatos, se dedicar exclusivamente a cursos para concursos públicos ainda é a realidade de poucos estudantes.

Cansativa, a rotina de conciliar trabalho e estudo para concurso pode ser estressante, mas pode sim ser levada adiante rumo ao sucesso na conquista do cargo público. Confira algumas dicas.

Pessoa multitarefa

Pessoa multitarefa

1. Faça um planejamento de gestão de energia

De acordo com Lia, o planejamento auxilia a concentração, evitando interferências e favorecendo a redução do estresse. Para isso, é necessário colocar na ponta do lápis o tempo necessário para estudar, trabalhar e, também, para se alimentar de maneira saudável, bem como dormir e praticar atividades físicas. Até as horas gastas para o lazer devem ser contabilizadas, já que todas elas fazem parte de uma agenda que garantirá a qualidade dos estudos do candidato.

O planejamento deverá ser feito em uma folha de papel ou no computador com todos os dias da semana e do mês, assim como os feriados e compromissos fixos como aulas, trabalho e compromissos soiais. As escalas de trabalho devem ser contempladas e, em seguida, é necessário observar o tempo restante para os estudos, levando em conta outros fatores que demandam tempo, como o deslocamento no trânsito, por exemplo.

2. Mantenha o foco nos estudos para o concurso

As distrações e outras ocupações sempre vão dar as caras para atrapalhar o candidato, mas é necessário que ele mantenha o foco no seu objetivo final: a aprovação para o concurso público. Caso seja necessário, o estudante deverá inclusive pedir ajuda a família e dos amigos no sentido de evitar isso, pois obter aliados é essencial para conseguir se dedicar com eficácia aos estudos.

As prioridades do estudante deverão ser os estudos, e as recusas em sair serão recompensadas futuramente, com tempo livre, estabilidade, remuneração justa e benefícios excelentes, que valerão cada hora dedicada aos exercícios.

3. Evite perder tempo com deslocamentos

O planejamento de gestão de energia irá ajudar o candidato a se organizar para os estudos, porém, os deslocamentos e o trânsito podem afetar negativamente a rotina do concurseiro. A otimização do tempo é essencial para que o período de estudos renda o esperado. Nesse caso, quem opta por fazer cursos preparatórios para concursos tem a vantagem de acessar todo material em qualquer lugar, inclusive em tablets e smartphones durante o trânsito no banco do passageiro ou no transporte público.

Outra vantagem de se preparar com os melhores cursos online para concursos é que com o material sempre a mão é possível aproveitar cada minuto livre como uma oportunidade para reforçar a memorização, seja em filas ou salas de espera, por exemplo.

Com foco em uma melhoria de vida futura, é possível derrubar o mito de que quem trabalha não consegue passar em concursos. A dupla rotina será passageira e o tempo que ela demorar para acabar dependerá apenas da dedicação e do foco dos candidatos.

Deixe um comentário